Rodrigo Aranha

“Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive.”

Ricardo Reis (Heterônimo de Fernando Pessoa)

 

Há anos minha filha guarda este poema na porta do armário do seu quarto de dormir. Não o conhecia e me chamou demais a atenção quando o li pela primeira vez. A despeito da sua beleza, naquele momento ainda não sabia o porquê. Desde então, o releio com frequência.

Também há bastante tempo, um colega de trabalho um dia me disse que eu entendia muito de gente. Fiquei intrigado, já que entender de gente é trabalho para várias vidas e, mesmo assim.... Acabei concluindo que a mensagem na verdade significava “você gosta de gente”.

Quando comecei a me interessar pelo coaching profissional, um dos primeiros livros que li, me capturou, de início, pelo título: “Coaching, A Arte de Soprar Brasas” (L. Wolk). Demorou um pouco, mas a ficha caiu e muitas coisas passaram então a ficar mais claras para mim.

São três pequenos fatos, aparentemente distintos, mas que de alguma forma explicam aquilo que eu faço hoje e que vou continuar fazendo, no que depender de mim, por ainda muitos anos.

Por vezes, quando me perguntam o que faço, eu digo que estou no negócio de ajudar a transformar vidas, uma de cada vez. Sim, Coaching diz respeito a mudanças e poder ajudar alguém a mudar alguma coisa e com isso atingir objetivos e metas importantes em sua vida faz parte do meu propósito pessoal.

Seja bem-vindo ao meu site. Se tiver interesse em explorar “suas brasas” e quiser buscar mais informações sobre como Coaching pode lhe ser útil, entre em contato comigo.

                                                                                                                                                                                                                                                                      Rodrigo Aranha, MCC, CMC & ACS

A meu respeito

 Atuo como coach profissional desde 2008. Considerando que minha primeira atividade profissional se deu ainda como universitário, dando aulas particulares, foram mais ou menos 30 anos de preparação até eu me tornar um coach. Evidentemente, ao longo desse tempo todo eu não sabia disso, mas, de alguma forma, as decisões que tomei em vários momentos da minha vida foram determinantes para eu poder fazer o que faço hoje. Além de coach, mentor coach e supervisor de coaching, sirvo à ICF - International Coach Federation na capacidade de Presidente do Capítulo Regional São Paulo, eleito para o período 2013-2015 e re-eleito para o período 2016-2018.
Antes de me tornar um coach profissional, trabalhei como Diretor de Recursos Humanos no Banco J.P. Morgan S/A, com responsabilidade pelas políticas, práticas e procedimentos relativos à área de pessoas nesta organização, onde também tive a oportunidade de coordenar a área de Responsabilidade Social. Antes dessa experiência no J.P. Morgan, ocupei a posição de Diretor Vice-Presidente do Banco Lloyds TSB S/A, organização na qual desempenhei várias funções nos negócios de Private Banking, Corporate Banking e Consumer Finance.
Minha formação acadêmica inclui os títulos de Mestre em Administração pela Fundação Getúlio Vargas e de Engenheiro de Produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Também tive a oportunidade de participar de cursos de especialização em gestão nas escolas de negócios de Wharton, INSEAD, Henley, Columbia e Michigan.
Fiz meu treinamento em coaching no Programa de Formação de Coaches (ACTP) do Instituto Ecosocial.

Sou membro credenciado MCC (Master Certified Coach) da ICF-International Coach Federation, CMC (Certified Mentor Coach) pela InviteCHANGE e ACS (Accredited Coaching Supervisor) pela CSA-Coaching Supervisor Academy 

COACH EXECUTIVO

MENTOR COACH

COACHING SUPERVISOR

Gosto da seguinte definição para Coaching executivo: trata-se de um conjunto de atividades baseadas em relacionamentos que envolvem o coachee, isto é, o executivo sujeito ao programa, seu coach e a empresa na qual o executivo atua, cujo objetivo é aumentar a capacitação do executivo e sua habilidade em ajudar a empresa a alcançar metas de curto e longo prazo.

 

Busca-se no coaching executivo o desenvolvimento da capacidade de liderança do coachee, isto é, sua capacidade de influenciar, motivar e conduzir com sucesso equipes na direção estratégica estabelecida pela organização.

Minha prática enfatiza o desenvolvimento de competências e habilidades executivas, implicando em novas maneiras de pensar, sentir, agir, aprender e se relacionar com outros visando maior eficiência e eficácia individual e organizacional.

Mentor Coaching é um requisito importante no processo de credenciamento junto a ICF e é muito relevante para o desenvolvimento e crescimento do indivíduo que procura tais credenciais.

 

De acordo com a ICF, Mentor Coaching implica no Coaching de um coach, com foco em suas habilidades de Coaching, ao invés de temas não relacionados com o desenvolvimento dessas mesmas habilidades. O Mentor Coach oferece a oportunidade para um coach de compartilhar suas habilidades de coaching com alguém que lhe possa fornecer feedback em relação ao uso da Competências Essenciais em Coaching conforme definidas pela ICF.

 

O Mentor Coaching deve ocorrer ao longo de um período de tempo suficiente que permita a escuta de sessões de Coaching e o feedback por parte do Mentor, bem como a reflexão e prática por parte do indivíduo que está sendo orientado.

Na sua essência, a supervisão em coaching é um meio de aprendizado baseado em reflexão e muito poderoso, ainda que complexo e simples ao mesmo tempo.

 

Através da supervisão, um coach poderá explorar seus processos internos como coach, seus eventuais "blind spots", possíveis questões éticas, incômodos e/ou inquietações no relacionamento com clientes, dúvidas sobre como proceder em processos específicos e, de forma geral, ampliar seu conhecimento e sua consciência a respeito do coach que é e quer ser.

 

Na supervisão, o coach e seu supervisor criam um espaço seguro e colaborativo de aprendizado baseado em reflexão sobre a experiência e a prática de coaching trazidas pelo coach (sucessos, fracassos, dúvidas) de forma que este aumente sua consciência a respeito de quem está sendo como coach, visando beneficiar os seus clientes a partir desta nova consciência.

 

Trata-se de uma prática extremamente eficaz para desenvolvimento contínuo por ser um espaço para exame e reflexão do próprio trabalho!

  • Facebook Clean Grey
  • LinkedIn Clean Grey